8 lugares interessantes de cada cidade de Sense8: Seul

Na próxima sexta-feira, 5 de maio, estreia a segunda temporada de Sense8! \o/ Falta pouco! E enquanto aguardamos com muita ansiedade, estamos apresentando 8 lugares interessantes de cada cidade da primeira temporada! Hoje é a vez de Seul, a cidade da doona da porra toda, Sun! <3

Seul

Sun e Capheus no Cheonggyecheon - Imagem: Cena de Sense8

1) Cheonggyecheon:
Com cerca de 10 km de extensão no centro da cidade, é um córrego e um espaço público de recreação em suas margens. Além de ser uma área de lazer para os moradores de Seul, hoje em dia é também uma grande atração turística da capital sul-coreana. Mas isso é recente, pois essa área passou por um grande processo de revitalização. No final da Segunda Guerra Mundial, essa região recebeu muitos imigrantes e ficou repleta de moradias irregulares e com problemas de saneamento. Mas com o rápido processo de industrialização do país, construíram, na década de 70, uma avenida e um viaduto sobre o riacho, deixando a área barulhenta e suja. Nos anos 2000, visando deixar a cidade mais ecológica e sustentável, resolveram derrubar o viaduto e recuperar o riacho. As obras foram concluídas em 2005 e desde então o local foi ficando cada vez mais popular!

Troca de guarda no Palácio Gyeongbokgung - Foto: Site Lonely Planet

2) Gyeongbokgung:
Construído originalmente em 1395 pela Dinastia Joseon, serviu como o principal palácio até 1592, quando foi incendiado durante a invasão japonesa. Permaneceu em ruínas por quase 300 anos até que começaram a reconstruí-lo em 1865. No entanto, no início do século XX, grande parte do palácio foi destruído novamente pelo Império do Japão. Mas, nos anos 90, o governo sul-coreano foi gradualmente restaurando-o à sua forma original. Atualmente é um dos lugares mais visitados de Seul.

Dongdaemun Design Plaza - Imagem: Abertura de Sense8

3) Dongdaemun Design Plaza
Projetado pela famosa arquiteta Zaha Hadid e inaugurado em 2014, o Dongdaemun Design Plaza, ou simplesmente DDP, é um complexo cultural multiuso, sobretudo para atividades e eventos relacionados ao design. Já foi palco de exposições, desfiles de moda, lançamento de produtos, mostras, fóruns, conferências, entre outros. Foi construído sem linhas ou paredes retas, mas com formas curvas e alongadas para evocar a água fluindo. E é todo revestido de placas de alumínio por fora, como vemos na imagem da abertura de Sense8. Realmente impressionante! :o

Bukchon Hanok Village - Foto: Site Visit Korea

4) Bukchon Hanok Village
É uma aldeia tradicional coreana com centenas de casas típicas, chamadas de hanoks, que datam da Dinastia Joseon, ou seja, mais de 600 anos! Atualmente muitas funcionam como centros culturais, pousadas, restaurantes e casas de chá, dando aos visitantes uma oportunidade de imergir na cultura tradicional da Coreia. Portanto, ao visitar Seul, você pode se sentir tanto no futuro, em lugares como o DDP, quanto no passado, ao passar por essa aldeia.

Memorial de Guerra da Coreia - Foto: Site Visit Korea

5) Memorial de Guerra da Coreia
A Coreia já foi invadida dezenas de vezes e este é o melhor lugar para conhecer mais sobre sua conflitiva história, como a Guerra da Coreia, com a vizinha do norte, que ocorreu entre 1950 e 1953. Os dois países nunca chegaram a assinar um acordo de paz e a relação entre eles ainda é muito conturbada, como temos acompanhado ultimamente pelas notícias. O Memorial de Guerra foi construído em 1994 para homenagear as vítimas de todos os conflitos pelos quais a Coreia passou e é um museu militar enorme com cerca de 10 mil artefatos em exposição, como tanques, aviões e armas. Mas triste que o mundo tenha tido e ainda tenha esses conflitos! :(

Parque Nacional Bukhansan - Foto: Site Korea Tour Information

6) Parque Nacional Bukhansan
Com 836,5 metros de altitude, a montanha Bukhansan é o ponto mais alto de Seul e atrai um grande número de praticantes de trilha e apreciadores da natureza. Além das áreas florestais, o parque tem picos de granito e vários templos. E não importa a estação do ano que você vá, o parque sempre vai lhe proporcionar belas paisagens! ;)

Homo Hill em Itaewon - Foto: Site Korea Exposé

7) Itaewon
Este vibrante bairro de Seul é famoso por ser uma área mais cosmopolita, com vários bares e restaurantes e uma agitada vida noturna. Portanto, o melhor horário para visitá-lo é à noite e nos fins de semana, quando estrangeiros e locais se misturam e se encontram para se divertir. E é nesse bairro que fica o Gay Hill, área onde estão os principais estabelecimentos voltados ao público LGBT.

Museu Nacional da Coreia - Foto: Site oficial

8) Museu Nacional da Coreia
Com um acervo de mais de 300 mil peças, é o principal museu de arte e história da Coreia do Sul. É, portanto, imenso, o sexto maior do mundo em área construída. Embora tenha uma arquitetura moderna, foi inspirado nas antigas fortalezas coreanas.

Seul - Imagem: Abertura de Sense8

Seul é, sem dúvida nenhuma, um destino único e que atrai por sua cultura e história, sua mescla de tradição e modernidade e seu vibrante presente! :)

E não perca os próximos posts com outros lugares bacanas das cidades de Sense8! E se você ainda não viu, já tem o da Cidade do México e o de São Francisco!

Comentários

Newsletter

Postagens mais visitadas

Facebook