Crônica de viagem: divertindo-se na agitada Buenos Aires

Muita gente já sabe, e quem não sabe, #ficaadica: Buenos Aires é um dos melhores destinos para o público LGBT! E como está bem aqui ao lado do Brasil, é um bom lugar para se iniciar nas viagens internacionais. Ou então para revisitar de vez em quando! E sabia que tem até um hostel gay por lá, aberto em 2001? Pois é! A capital argentina é, portanto, uma cidade com inúmeros atrativos. De passeios diurnos mais tranquilos até noites bem fervidas.

Obelisco e a bandeira argentina - Imagem: Tiago Elídio

Um dos bairros mais tradicionais (e turísticos) da cidade é San Telmo. E é lá que fica o Lugar Gay, agradável e animado hostel exclusivo para homens. O staff é bem simpático, o café da manhã é bom e há um grande terraço onde você vai conhecer muitos gays de várias partes do mundo. E de vez em quando vai ver alguém tomando banho de sol pelado por lá. Ou então aproveitando a pequena piscininha que há por ali nos dias quentes de verão. Mas vale mencionar que o ambiente é respeitoso e você não vai fazer nada que não queira. Se estiver viajando sozinho, é um ótimo lugar para conhecer pessoas legais, inclusive para sair e curtir a night! É uma experiência bem diferente e interessante ficar num hostel voltado somente para o público gay. 

Sapeca no terraço do hostel Lugar Gay - Imagem: Tiago Elídio

San Telmo, no entanto, não é o melhor lugar para a vida noturna. É uma boa área para passeios diurnos, pois fica ao lado de Puerto Madero, região agradável para uma caminhada, está relativamente perto de La Boca, o famoso bairro cheio de cores, e também está bem próximo do centro, onde estão a Casa Rosada e o Obelisco, cartões postais da cidade. Ah, em San Telmo também está a fofíssima estátua da Mafalda! Se você for fã, não pode deixar de tirar uma foto com ela! E aos domingos há a tradicional Feira de San Telmo, onde você vai encontrar de tudo.

Susanita, Mafalda, Sapeca e Manolito em San Telmo - Imagem: Tiago Elídio

Culturalmente falando, Buenos Aires também é um prato cheio, com muitas atrações bacanas. Uma delas é o Centro Cultural Kirchner, ou simplesmente CCK, que fica bem pertinho da Casa Rosada. É tipo um CCBB com várias exposições e atividades culturais gratuitas! Além disso, há o Museu Nacional de Belas Artes e o MALBA, Museu de Arte Latino-Americana, onde está Abaporu, um dos mais famosos quadros brasileiros, da artista modernista Tarsila do Amaral. Mas Abaporu também é um pouco sapeca e vive viajando, então talvez você não vá encontrá-la por lá. De qualquer forma, vale a visita para conhecer mais da arte da nossa região. Tem Frida por lá também! :)

Fotografando a Frida no MALBA - Imagem: Tiago Elídio

E bem perto do MALBA, está a famosa flor metálica, a Floralis Genérica. Apesar dos inúmeros turistas, é um ótimo lugar para relaxar um pouco e apreciar a vista. E, se tiver oportunidade, tomar mate argentino com amigos e amigas. Também próximo dali está o Cemitério da Recoleta. Apesar de ser um cemitério, vale a pena visitá-lo, pois há muitas estátuas ali que são verdadeiras obras de arte. Às vezes até um pouco excessivas demais na ostentação. E ali está enterrada Evita Perón! Mas você tem que saber procurá-la, pois não há placas indicativas. Don't cry for me, Argentina... 

Sapeca, a flor e o belo céu - Imagem: Tiago Elídio

Ao lado do agradável bairro da Recoleta, está Palermo. Este sim é um bom lugar para curtir a noite. É ali que estão vários bares e boates LGBT da cidade. Entre eles, o Km Zero, que abre todos os dias da semana e tem divertidos shows de drag queens no início da noite, ou seja, por volta de uma da manhã! Sim, a noite argentina começa bem tarde. É depois das 2 da manhã que os ambientes começam a encher. Outra opção bacana para curtir a balada é a Glam. Você vai ouvir muitos hits latinos e também muita música brasileira. Anitta e Pabllo estão bombando por lá! Mas não se assuste se ouvir também É o tchan! É divertido, aliás!

Sapeca no hostel Caravan BA - Imagem: Tiago Elídio

Palermo é um dos bairros mais cools da cidade, com vários bares e restaurantes diferentes (às vezes um pouco gourmetizados, é verdade) e um público mais alternativo. Um lugar bem bacana para se hospedar por lá é o Caravan BA, um hostel boutique que abriu este ano em um casarão e onde você também vai conhecer muita gente bacana de várias partes do mundo, inclusive gays e lésbicas! Sim, felizmente estamos por todos os lados! E assim é Buenos Aires, um lugar cosmopolita e cheio de atrações legais para você curtir. Uma cidade que vale muito a pena conhecer e revisitar sempre que puder! ;)

Sapeca e a Puente de la Mujer em Puerto Madero - Imagem: Tiago Elídio

Ah, e não deixe de conferir a Crônica de viagem sobre Rosário, outra charmosa cidade argentina! É só clicar aqui!

Por Tiago Elídio

Comentários

Newsletter

Postagens mais visitadas

Facebook